Subscrever
Newsletter

Para subscrever a newsletter preencha os campos

subscrever

Subscrever
Newsletter

Para subscrever a newsletter preencha os campos

Subscribe!

Actually we won’t spam you and keep your personal data secure

 

AAL Programme – Futura Call

AAL Programme – Futura Call

 
O Programa Conjunto Europeu Active & Assisted Living (AAL) já anunciou o convite para os desafios subjecentes à próxima call “Sustainable Smart Solutions for Ageing Well”, a ser lançado em fevereiro de 2019.

O AAL pretende com este tópico apoiar projectos colaborativos inovadores, transnacionais e multidisciplinares, de acordo com as seguintes especificações/critérios:

  1. Desenvolvimento de soluções baseadas em ICT visando qualquer aplicação, desde que dentro da(s) área(s) do domínio AAL. As soluções precisam ser incorporadas nas estratégias das organizações de utilizadores finais, prestadores de serviços e parceiros de negócio envolvidos.
  2. Maior flexibilidade em relação ao escopo, tamanho e duração dos projetos propostos (incluindo pequenos projetos colaborativos).

 

O AAL disponibiliza diferentes modalidades de apoio, e tanto os “Projetos Colaborativos” como os “Pequenos Projetos Colaborativos” poderão ser submetidos a esta call.

À semelhança do ano passado, as soluções propostas precisam de estar direcionadas para segmentos de mercado, a saber:

  • os “mercados privados de consumo”, cobrindo aspectos como bem-estar, estilo de vida, independência, trabalho, diversão e conforto, com foco principal no comprador adulto mais velho.
  • os “mercados regulamentados” abrangendo aspectos como saúde e cuidados, assistência social e habitação. Neste caso, espera-se que os compradores sejam organizações/instituições de assistência que fornecem soluções de serviços mais complexos. Nestes segmentos de mercado geralmente há a exigência obrigatória de evidências sobre os efeitos e custo-efetividade das soluções baseadas em TIC antes de adotá-las integralmente. Além disso, as soluções precisam de estar enquadradas na visão e estratégia das organizações envolvidas.

 

No que respeita aos “Pequenos Projetos Colaborativos”, estes terão uma duração 6 a 9 meses e um orçamento máximo co-financiado de € 300.000.

O principal objetivo desta modalidade é a exploração de novas ideias, conceitos e abordagens de soluções baseadas em TIC direcionadas para as pessoas mais velhas. Os consórcios devem procurar envolver novos parceiros interessados em, no futuro, vir a incorporar internamente estas soluções, e construir colaborações fortes com organizações de utilizadores finais e apoiar a construção de comunidades.

Mais detalhes estão previstos serem conhecidos em fevereiro de 2019, sendo que até lá, será realizado um Info Day a 31 de janeiro, em Bruxelas.